Desprogressivação: um assunto que está em alta e que poderá deixar o seu cabelo muito mais bonito e saudável – tudo o que você precisa saber

A escova progressiva faz um grande sucesso entre as mulheres, até porque tem como proposta garantir um incrível efeito liso para os cabelos, ao mesmo tempo que os “trata”. Porém, é necessário realizar uma manutenção no máximo a cada três meses, para que seja mais fácil de cuidar!

A pergunta que não quer calar: até onde esse tratamento realmente é capaz de ajudar as mulheres? Será que existe a possibilidade de retirar completamente toda a química que foi depositada no cabelo sem ter que esperar crescer?

Todas essas questões acabam sendo feitas, principalmente quando existe um arrependimento pela aplicação que foi feita nos fios.

Desprogressivação: como é feita a escova progressiva e qual é a sua composição?

Para que seja possível entender melhor toda essa questão, vamos analisar, em primeiro lugar, um pouco mais sobre a escova progressiva.

Muitas mulheres não sabem, mas as escovas progressivas que são largamente comercializadas são completamente prejudiciais para o cabelo, pois todo o desenvolvimento do “tratamento” é feito com a utilização de produtos de uso farmacêutico (ilegais para esse fim) http://educacaovisagismoeprojetos.com.br/progressiva­desprogressivacao­antes­e­ depois/ .

A escova progressiva faz uma espécie de “barreira” no cabelo, impedindo que a hidratação e os nutrientes consigam chegar à parte interna do fio. Isso faz com que o cabelo não se torne saudável!

Independentemente de quanto tempo você já faz esse tipo de procedimento ou de qual tipo de produto é aplicado em seu cabelo, sempre é indicado que o retoque seja feito no máximo a cada três meses.

Esse retoque se faz necessário, pois após um mês de crescimento natural, há o surgimento de uma raiz mais crespa. É fato que isso acaba causando um grande contraste com todo o restante do cabelo.

Desprogressivação: mas afinal, é possível ou não retirar a escova progressiva dos cabelos?

Sim! Através do procedimento chamado desprogressivação. É claro que não dá para retirar os resíduos em 100%, isso somente o tempo vai conseguir, mas existe sim a possibilidade de conseguir inverter o processo com um ótimo resultado.

Existem tratamentos que tornam isso possível, realizados pela equipe do site Educação, Visagismo e Projetos http://educacaovisagismoeprojetos.com.br/ . Muitas mulheres conseguem deixar seus cabelos no formato natural, recuperar seus cachos e o principal, sua identidade.

? Tratamento Angel ­ desprogressivação

Se você já não está fazendo escova progressiva há um bom tempo, os seus fios já possuem fissuras e é através das mesmas que o cabelo poderá começar a ser tratado para tomar a sua forma natural outra vez.

Através desse tratamento, é possível recuperar até 70% do cabelo cacheado.

Este tratamento é bem simples porém altamente eficaz, pois funciona através de cargas positivas que são depositadas nos cabelos e da remoção das cargas negativas.

Isso somente é possível através do uso do shampoo livre de sulfato, que não faz espuma.

Os shampoos considerados tradicionais, possuem uma carga negativa elevada. Quando essa carga é retirada, o cabelo começa a envergar mais, favorecendo a ondulação natural.

Se possível, tire fotos durante esse tratamento e acompanhe por até dois dias seguidos. Você vai notar uma grande diferença.

? Tratamento Reverter ­ desprogressivação

Esse tratamento é indicado para as pessoas que possuem cabelos mais resistentes. É como se fosse uma espécie de “batidinha” nos fios, pois assim é possível retirar a sua casca, ou seja, a escova progressiva.

? Tratamento Inverter ­ desprogressivação

Este já diz respeito a um tratamento químico um pouco mais forte quando comparado com o segundo, onde é preciso colocar uma forma nos cabelos de acordo com o molde e o tamanho do cacho natural.

Todo este procedimento é tão interessante, que consegue não só retirar a progressiva, mas também dar a forma natural dos cachos.

Algumas mulheres costumam chamar o tratamento de “operação”, pois é necessário cumprir certas etapas e depois ainda sair com uma série de produtos que deverão ser utilizados.

Isso significa que o cabelo é completamente recuperado sim, mas é importante fazer o tratamento adequado depois.

Pode se comparar o cabelo a um ovo, e a progressiva a casca desse ovo, se você abrir esse ovo e ele estiver estragado, de nada adianta. Se ele estava danificado e você fez esse processo para “cobrir”, nenhum desses tratamentos vão funcionar, por isso é necessária a realização de um teste de mecha.

A escova progressiva faz exatamente isso, ela recobre os fios, mascarando os males causados e pelo uso da mesma, que fazem eles parecerem saudáveis. É por esse motivo que a desprogressivação tem tanto a oferecer para as mulheres em geral.

Website: http://educacaovisagismoeprojetos.com.br/progressiva­ desprogressivacao­antes­e­depois/