Robson Trindade fala sobre Visagismo no Programa “A Tarde é Show”

Chique, hein? Chique, hein?

Robson?

Maravilhoso né, especial.

Primeiro, em uma linguagem muito simples para quem está em casa entender, o que é o Visagismo? Quem pode fazer? Quando pode ter essa ideia? E o que transforma na vida depois de uma Consultoria de Visagismo?

O Visagismo é uma coisa super simples, é que as pessoas descubram que existem formas de você se produzir tanto com a ajuda de alguém como com a autoprodução.

Quer dizer, como você pode encontrar a roupa certa, como você pode encontrar as coisas certas, como você pode encontrar o cabelo que combina com o seu rosto, que tipo de maquiagem, mais batom, menos batom, mais sombra, menos cílios, que tipo de esmalte, que cor de esmalte, encontrar um pouco as suas referências para que quando alguém olhe para você não resista em tecer um comentário “você está super bonita”, isso a pessoa pode aprender a fazer sozinha, que é muito simples, mas também pode contar com a ajuda de um profissional Visagista.

Simples, simples não é, qual a dica que você daria então para transformação?

Quando eu falo simples, eu estou me referindo porque se a pessoa não sabe qual o formato do rosto dela, a pessoa não sabe se o pescoço dela é muito comprido ou muito curto, se ele é muito largo ou muito estreito, se ela deve usar colar ou não, que brinco ela deve usa, redondo, pendurado, etc… as pessoas não sabem “meu lábio embaixo é muito grande, em cima é pequeno”, “detesto usar batom”, na verdade ela não detesta, é que ela não sabe equilibrar para ficar bonito.

Então simples é quando você se conhece, tudo fica mais fácil. Por isso eu uso esse termo que é muito simples.

Mas tem pessoas que não estão preocupadas em se conhecer, ela quer que alguém cuide dela.

Então por isso que eu digo, você pode aprender sozinha ou usar um profissional Visagista.

Mas quando você pega um profissional Visagista tudo muda, né?

Ah sim, é muito mais fácil.

E onde surgiu o Visagismo?

O Visagismo na verdade surgiu na França, em 1937 com um maquiador chamado Fernand Aubry, ele ia passando por um local em Paris e viu um jardineiro cuidando de um jardim, e ele passou dois ou três dias e aquele senhor continuou cuidando do jardim, e ficou tão bonita a transformação que ele parou perto do jardineiro e falou “o senhor é um excelente jardineiro” ele falou “eu não sou jardineiro, eu sou paisagista”, e aí o Fernand Aubry pensou “se eu mexo com visage” que é rosto em Frances, “então eu sou um visagista”, tal qual o paisagista.

Então o termo surgiu em 1937 por Fernand Aubry, ele que teve esse insight a respeito de que se eu sou capaz de cuidar de uma imagem, e transformar essa imagem tal qual o jardineiro é capaz de tornar uma paisagem, então se ele é paisagista, eu sou visagista, então o termo surgiu daí.

Mas o Visagismo tem percorrido todos os âmbitos da vida profissional, social, particular, na TV, no cinema, no teatro.

Todo mundo usa Visagismo.

Em todos os lugares estão usando o Visagismo porque você equaliza melhor a imagem.

Você sabe onde valorizar, né Robson?

Exatamente.

O que seu é mais bonito, onde acentuar, onde amenizar.

Exatamente

Onde disfarçar…

Qual o seu lado preferencial, qual lado você fica melhor para fotografar, o que vou usar para mudar o ponto focal.

Às vezes alguma pessoa diz “eu não gosto muito do meu nariz”, então você precisa trabalhar detalhes, alguma coisa para mudar o ponto focal do nariz.

E aí, pronto, nariz de bolinha.

Vou liberar o telefone 2578-600, está liberado, você pode ligar e fazer perguntas.

Lembrando que a Nícia Alterman, que é nossa sacerdotisa, hoje vai estar aqui respondendo as suas perguntas.

Quer mandar alguma pergunta para a baiana já? Só enviar agora tanto no Facebook, Twitter, você fique à vontade.

Manda seu nome, a data de nascimento e a pergunta. Nícia Alterman hoje com a gente no A Tarde é Show.

Por exemplo, as pessoas que tem um nariz que fala que está com pouquinho, bolinha, grosso, como afinar o nariz na make?

Existem todos os recursos, principalmente de maquiagem, eu falo que a plataforma da transformação, da maquiagem são os tons claros e escuros.

Quando você usa o tom claro, ele dá volume, quando você usa o tom escuro ele aprofunda.

Então vamos supor que o nariz seja muito redondinho, então ela vai pegar exatamente onde ela quer que pareça menor, ou seja, mais para dentro, então ela escurece aquela região, e a parte que ela quer fique mais arrebitado, mais delicado, ela coloca um pouco mais de claro.

É só um jogo entre claro e escuro.

O que que a gente faz nesse caso? O escuro afina e o claro aumenta?

Na verdade o escuro afina e encolhe, diminui, tira o volume.

E o claro dá volume e acentua.

Então, vamos pensar, a pessoa tem alguns detalhes no seu rosto que ela não gosta, então ela tem que aprender a fazer isso a primeira vez com alguém e depois viver feliz pra sempre fazendo isso sozinha.

Nenhum problema.

Mas quando um profissional faz uma maquiagem, 75% da maquiagem é correção. A cor é só perfumaria.

O que não pode faltar? O que não pode falar nunca…

Corretivo! Vou falar então de mulher, corretivo… vamos ver mulherada do Brasil se está certo aí, se tem dúvida, vamos aprender agora com nosso mestre maior em Visagismo.

Pele, corretivo.

Eu preciso na minha bolsa sempre corretivo, um delineador, um lápis preto, é o que eu gosto…

O rímel é fundamental.

programa a tarde e show entrevista robson trindade 005

Uma sombra marrom, um rímel.

E uma sombrinha clara porque tem que levantar.

Se você não tiver nada disso…

E um blush também. Se não tiver até o batom a gente passa.

Duas coisas, se tiver uma sombra clara e uma sombra escura, fez tudo. Porque com a sombra escura você vai diminuir o que é demais, com a sombra clara você vai valorizar, depois você pode usar essa mesma sombra escura pra marcar o seu blush, e pode usar a sombra clara pra valorizar a parte da superior do olho.

Adoro, eu não fico sem.

Puxar um pouquinho a mais.

Com esses dois recursos você pode mudar tudo. Agora, lógico, você tem só um brilho, você pode juntar um brilho, e esse blush escuro, e fazer um batom.

Então o recurso é criar em cima de duas coisas, sombra marrom e sobra clara, e fazer qualquer coisa.

Sabe o que eu não vivo sem? Rímel transparente para sobrancelha.

Maravilhoso, ele alonga.

Não, para sobrancelha, sobrancelha, só uso para sobrancelha.

Você tocou em um assunto nevrálgico, porque todo mundo apanha por causa da sobrancelha.

Qual a melhor sobrancelha para mim? Não existe.

A sobrancelha deriva do formato do seu rosto, então apoiado no seu nariz, o canto interno do olho, o canto externo do olho, e a parte interna da íris, traça onde começa a sobrancelha, onde ela acaba, e qual o ponto de arqueamento.

Geralmente eles falam que é esse o ponto, né?

É, mas parte do nariz, você apoia o primeiro ponto no nariz, o segundo ponto externo do olho, e aí você vai saber onde vai acabar a sobrancelha.

Então a sua sobrancelha é a sua. Não é da sua amiga, da sua prima, da atriz da novela. Mas toda mulherada não aceita isso, né? Elas querem a sobrancelha de outras.

É. Ela não sabe, ela vê uma sobrancelha muito bem feita no rosto de alguém, e ela acha tão harmônico aquele visual que ela pensa que se ela pegar aquela sobrancelha e colocar nela, vai ficar harmônico do mesmo jeito.

Eu vou explicar isso de maneira mais clara, dizendo que o cabelo é a moldura do rosto. E a sobrancelha é a moldura do olhar.

programa a tarde e show entrevista robson trindade 006

Então por que a sobrancelha existe? O nome não é sobrancelha, é “sobrancelhas”, ou seja, sobre, em cima, das celhas, que são os cílios. Então, por que ela é em cima? Se você transpirar muito, o suor para que não caia dentro dos seus olhos.

Então a “sobre celhas” serve para proteger os seus olhos contra o suor. Por isso ela tem onde começa, onde acaba, onde ela aqueia.

Maravilhoso.

Telefone liberado hein gente 2578-6000. Diga minha baiana.

Dona Carmem quer fazer uma pergunta Nani, tem uma dúvida.

Oxe, agora gostei.

Eu tenho uma dúvida com relação a blush, é que minha filha costuma dizer, sabe, que ela gosta muito, eu tenho uma filha de 14 anos e ela é louca por maquiagem, sabe se maquiar muito bem, mas ela costuma dizer que eu não sei colocar blush no rosto.

Faz redondinho.

Isso, que parece até, quando eu coloco blush, que eu levei duas tapas na cara.

Vou dizer para você uma coisa super bacana.

Primeiro é ótimo ela ter esse insight visual, porque a pessoa que olha pra você, ela não consegue explicar o que acontece, ela só explica que fica demais.

Então você tem uma saliência, nessa parte frontal, próximo ao nariz, tem a pele quente, pele quente é essa pele que você olha no espelho ela reflete, sabe Nani, você vê uma parte aqui brilhando, brilha nos lados, brilha no nariz, então é pessoa de pele quente.

Quando a pessoa tem pele fria, ela não tem brilho no rosto, pode tomar banho, acabou de tomar o rosto tá opaco, acinzentado.

Então ela tem o rosto de pele quente, então brilha, essa parte da maça do rosto fica brilhando, quando ela passa o blush, ele cai aqui com cor e ele fortalece mais essa maça do rosto, e aí fica parecendo que você tomou, como ela disse.

Então acontece que em primeiro lugar você deveria escurecer essa região para que ele retraia um pouquinho e trazer o blush da altura da orelha para o rosto.

Porque se você começa a colocar ele na maçã e puxar para trás ele fica pesado aqui, então você coloca ele lá atrás e vem trazendo suavemente para a frente esfumando.

Isso cria um efeito mais bonito, mais bacana, e no seu caso, vai expandir mais seu rosto até melhor.

Devia pegar hein Flavinha um blush com pincel, eu mostro no meu rosto.

programa a tarde e show entrevista robson trindade 007

Fica muito bacana, porque a gente está falando isso…

Porque o de fora… Lizete, maravilhosa, traz um pincel seu daquele poderoso que eu sei que o Robson deu para você de presente.

Eu trouxe para a Lizete, eu voltei agora de Nova Iorque…

Você mudou o nome do salão, né?

Na verdade assim, o Red Door ele é um espaço de beleza, cabelo, maquiagem, massagem, tudo o que você pensar em beleza o Red Door faz isso.

Que é na Vila Nova Conceição.

É, nós temos uma submarca chama Red Team porque nós criamos um time de visagistas que trabalham, se você imaginar, tem visagista que sai com a cliente para fazer compras, outro visagista sai com a cliente para comprar maquiagem, outro visagista ajuda ela a organizar a casa dela, e aí organizar os looks dela, e assim por diante.

Então essas coisas são super positivas para que as pessoas aprendam melhor a lidar com as pessoas.

Por isso nós criamos o Red Team que é um grupo novo de visagistas.

programa a tarde e show entrevista robson trindade 008

Vou pegar um pincel só para você explicar como é de fora pra dentro.

Traz aqui, Lizete, por favor.

Lizete é a minha maquiadora, viu gente? Atenção Brasil. É… responsável.

Vou mostrar para vocês de casa, ó, essa é a Lizete. Lizete que faz o meu cabelo e minha make todos os dias aqui na Rede Brasil. E quando eu estou fora também nas festas.

Explica então….

Quando ela não pode fazer faço eu.

Não, o cabelo é você.

O cabelo dela sou eu que cuido.

Explica aqui como que é o de fora para dentro.

Se você colocar o blush da maçã do rosto para cima, o peso a quantidade vai ficar preso aqui.

Como você tem isso aqui muito saliente para fora já, então parece que você tomou aquela… então tem que evitar, o que você faz? Em vez de começar aqui, você começa lá em cima e vai voltando para cá. E vai vindo para cá. Então deposita primeiro em cima e depois esfuma para a frente.

Ao contrário de você colocar na frente e puxar para trás. Então qual que é a dica, no seu caso? Começa atrás e traz para a frente suavemente.

Então o peso vai ficar atrás e vai criar um formato um pouco mais bonito, um pouco mais expansivo, vai ficar mais legal.

Nossa, eu estou impressionada, eu acho que minha filha é visagista, porque ela faz isso. E eu digo tá errado, tá errado.

Você falou uma coisa super bacana, o Visagismo é uma coisa, olha, muita gente tem insights, que são assim, conceitos intuitivos que ajudam as pessoas. “Você se arruma tão bem, você está tão bonita, por que?” “ah, não sei eu escolhi o look lá e gostei assim”.

Então tem bom gosto e acaba acertando. Mas de cada 10 vezes você acerta duas. Se você tiver orientação, você vai acertar as 10, essa é a dica.

E tira o excesso com a base, ela vai com a base assim…

Com certeza.

E fica “tira, tira mainha”

É o brilho.

Tem muito azul aí, não precisa de muito azul aí não.

Com um sorriso lindo, maravilhoso desses né, maravilhosa, sensacional, então são dicas que podem potencializar a imagem.

Só por isso eu vou pegar uma sombra ali para ele dar um truque para gente ver como que faz o truque da sombra.

Eu vou para o intervalo comercial para buscar uma sombra escura, porque ele é o rei de arrasar nos olhos e deixar aquela make com aquele olhar fatal. Daqui 30 segundos.

Vou para o intervalo e volto e pego uma sombra que ele vai ensinar a gente que está em casa também.

Voltamos Brasil, altas dicas com o poderoso Robson Trindade dando dicas para as mulheres, para todas nós.

Visagismo, o que você vai explicar agora? Agora nós teremos, já aprendemos a…

A gente estava olhando aqui, a gente poderia muito mexer na sobrancelha ali porque, sabe, dar um exemplo, sabe, um exemplo, nós estamos aqui tudo junto e misturado aqui, né.

Eu sou sempre cobaia, outro dia veio da acupuntura, eu fui…

Eu falo assim que é modelão sabe, que a modelo, quando a gente mexe na modelo ela fica sempre mais bonita.

Olha eu estou quase.

Essa depois que está magra está cheia de diretos.

Olha só, vou mostrar o que a gente falou aquela hora, eu apoio a parte externa do nariz aqui, e acho a parte interna do olho lá.

programa a tarde e show entrevista robson trindade 011

E aí traço onde começa a sobrancelha dela, vou fazer um traço, pronto, é aqui onde começa a sobrancelha dela.

Do mesmo jeito eu apoio na parte externa, vou na parte externa do olho e vou mostrar onde deve acabar a sobrancelha dela, ó o risco, ó.

É aí que tem que acabar a sobrancelha dela.

E agora eu vou encontrar o ponto de arqueamento, apoiado no mesmo eixo, olha aqui ó, esse é o ponto de arqueamento da sobrancelha dela. Então teoricamente a sobrancelha deveria ficar assim, olha. Daqui para lá, aqui o ponto mais alto da sobrancelha, aqui cai. Essa sobrancelha.

programa a tarde e show entrevista robson trindade 012

Quando a pessoa fala “aí, dói muito tirar a sobrancelha”, é só você falar para moça que faz o desenho da sobrancelha que você tem dor, ela aplica um produtinho que em 10 minutinhos…

Eu tenho ódio, eu não tenho dor, eu tenho ódio. Eu tatuo tudo, mas tirar sobrancelha é um problema.

É uma região muito sensível onde as pessoas espirram.

Bonito esse jeito, esse estilo, ficou bacana.

É só para mostrar onde começa, onde acaba, e onde é o ponto de arqueamento. E essa referência sai do rosto de cada pessoa.

Se o rosto for mais redondo é um desenho, se o rosto for mais triangular, é outro desenho, tudo deriva do seu próprio rosto.

Faz a de cá, Robson, para a gente ver agora maquiando só para ver.

Olha só, vou marcar, porque sempre marcar é bom porque a pessoa tem ideia. Vou marcar aqui.

Essa sem marcar.

Ah, sem marcar?

Para mim é mais fácil.

Para gente ver o visual.

Vai lá em cima, o ponto de arqueamento, olha, levanta ela lá, chegou lá em cima traz ela pra baixo, ela cai e ela mudou o rosto assim, olha.

Isso é super bacana porque a pessoa tem que saber que as qualidades de embelezamento estão no seu próprio rosto, você só precisa saber como jogar com isso, entendeu.

E pode ser, a gente estava falando, o embelezamento do rosto, mas você pode fazer isso com o corpo.

Tem pessoas que as vezes acha “eu tenho um culote muito grande”, então o que a pessoa faz? Amarra uma blusa, ou usa uma blusa cheia de babadinhos para esconder.

Quando a pessoa olha de cima pra baixo ela não vê o culote porque aquele babado está cobrindo, ou aquele moletom está cobrindo.

Só que quando a pessoa para ela, dobrou o tamanho do quadril dela. Então a sobrancelha tem um jeito, a roupa tem uma cor, tem um decote.

Deixa eu ver, dá um close na sobrancelha dela aí para gente ver no vídeo.

programa a tarde e show entrevista robson trindade 013

Eu forcei bem porque fica mais acentuado no vídeo. Está bem acentuado, bem forte.

Então o que acontece é…

Eu vou semana que vem lá no seu salão para você me dar um jeito.

Então, quando a gente faz aqui, ela tem…

Eu começo aqui em cima para criar esse efeito de contraste para ela aqui, e pronto.

Mas contrapartida o rosto fecha demais aqui, então eu preciso trabalhar o máximo que eu puder clareando o contorno aqui, para que isso aqui dê expansão pra mim, tá vendo, olha, eu clareio aqui pra dar expansão desse rosto, para que ele ganha um pouco de volume.

Então você coloca onde precisa de volume e depois esfuma um pouquinho, para ele sumir a marcação, quando você tirar foto, quando alguém te olha fala “nossa, está tão mais bonita, o que você fez?”

Olha aqui, eu tenho aqui, se você olha no vídeo aqui, quando estiver de rosto para pessoa, então eu tenho aqui uma garota, eu vou marcar a parte racional, a parte emocional e a parte intuitiva dela.

Então no rosto dá para fazer uma série de leituras do rosto através dessas medidas. Primeiro, eu divido o rosto ao meio, tá vendo, para mostrar…

Está dando pra ver? Está melhor assim? Ficou melhor, ótimo.

Então eu divido o rosto da pessoa no meio, sempre o lado direito do rosto a pessoa traz traços da mãe, são os traços maternos.

Do lado esquerdo do rosto, a pessoa traz os traços paternos. Significa o que? Se você esconder um lado do rosto você vai ter muito mais coisas do seu pai, e se esconder o lado direto do rosto vai ter muito mais coisas da sua mãe.

programa a tarde e show entrevista robson trindade 014

Então eu vou acelerar só pra vocês poderem ver como funciona, olha lá.

Eu coloco a divisão perto de onde começa a nascer o cabelo, a primeira divisão, próxima, na intercepção das sobrancelhas, esse é o tamanho da parte racional dela, ai o próximo passo, a parte no eixo da narina, esse é tamanho da parte emocional dela, daí eu coloco novamente lá a parte intuitiva, visivelmente a gente percebe que ela é uma pessoa extremamente intuitiva.